Um texto sobre a maior corrida do Wrestling

1717 0
charles robinson & ric flair

Anteontem – oito de junho de 2019, ano de nosso senhor papai do chão – o homem conhecido como Airton me elogiou na live, fato pelo qual fiquei muito grato. Como demonstração de meu eterno agradecimento pelo carinho e dinheiro, farei um texto que ficará para toda eternidade, sobre um tema que, sinceramente, é o tema mais urgente do Wrestling atual.

Meu caros amigos, porque não estamos falando da corrida de Charles Robinson na Wrestlemania 24?

SAI DA FREEEENTE SATANAAAAAAAAS!

São momentos assim que ficam imortalizados no olimpo do PW, físicos exemplares que vão além dos limites da compreensão humana para fazer um único trabalho: contar um, dois e três.

Mas não é só isso que um juiz faz, caso alguém esteja com um pensamento limitado. Esses filhos da puta cegos de uma figa também são surdos, caem com um golpe, possuíam uma fraqueza de raciocínio grandiosa quando se tratava de Eddie Guerrero.

Ah, e no caso de Charles Robinson, ELES CORREM.

A luta é Undertaker vs Edge na Wrestlemania 24, meu combate favorito da Streak que faz parte da minha rivalidade favorita do homem morto que é, adivinha? NÃO, NÃO É MEU WRESTLER FAVORITO, NEM MEU VELHO FAVORITO.

Mas é um homem que eu amo muito, diga-se de passagem.

INCLUSIVE TEM UMA ROUPINHA VERMELHA QUE ELE NUNCA USOU E O JOKER ME MANDOU FOTO QUE OLHA <3

Eu quero uma roupa dessa, comprem para mim

Bom, mas não é disso que estamos falando, então vamos voltar a Charles “Little Nate” Robinson. Posto de lado no Main Event da Wrestlemania 24 ele assista tudo de seu camarote, após assistir seu Wrestler favorito Ric Flair ser aposentado num combate histórico.

Certamente guardava muitos sentimentos pois foi o juiz que, pela última vez – ou pelo menos era o que se acreditava à época – contou os três segundos de morte que declararam óbito a carreira do menino natural.

Enfim, com tudo isso no peito era normal se esperar que ele tiraria a noite de folga, já estaria em casa tomando um bom vinho e jogando Black no seu PS2. MAS NÃO MEU LEITOR GALOPANTE, NADA DISSO.

Naquela noite especial, seguido pelos olhos de mais de 70 mil pessoas, Undertaker e Edge batalhavam pela Streak e pelo título mundial de pesos pesados. E, por incrível que pareça, as coisas não iam tão bem para o homem do vale.

Undertaker tinha dificuldades contra Edge, que escapava de seus golpes, nunca havia sido derrotado por Mark ruivão e, de posse do título e de uma Road to Wrestlemania impecável, parecia ser o homem que tinha tudo para matar a streak.

Entretanto, este texano com síndrome de peter pan não deve ser subestimado. Taker começa a conseguir algumas ofensivas e após um Old School, parte para um Big Boot certeiro. Entretanto, a mente do Superstar mais 18 surpassa a velocidade de um castor no cio e ele desvia CONECTANDO A SOLA DO PÉ 52 DE UNDERTAKER NA FACE DO REFEREE JIM KORDERAS.

Tensão e patifaria estão no ar. Edge engata um reverse DDT, zomba de seu oponente. Eis que uma mão surge das profundezas e a expressão de Edge vai do ódio ao pânico em milésimos de segundo!

Tão rápido quanto o tempo é tempo, Edge acerta um chute baixo no Undertaker e o derruba.

Prontamente o campeão mundial vai para fora do ring, a mente maníaca do canadense girando suas engrenagens rumo a uma solução para aquela doença que infectava tantas Wrestlemania. Seu antidoto seria uma camera de vídeo, usada para derrubar Undertaker outras vezes.

A pancada é certeira.

Nenhum ser humano tem chance de sobreviver. Infelizmente Jim Korderas escorrega para fora do ringue e a máquina de vitorias conhecida como Undertaker se levanta das cinzas. Edge ousa e esse é seu abismo. Undertaker reverte uma tentativa de Piledriver e…

POR DEUS! É A HORA DO FIM, TOMBSTONE PILEDRIVER!

Mas não há referee meu amigo, não existe esperança no mundo dos vivos. E é agora que o mundo brilha, que as estrelas conectam e que temos o assunto mais importante dentro do mundo do Wrestling. Pois nessa noite tivemos somente um fenômeno. Seu nome? Charles Robinson e o resto… é história

Não encontrei dados informando o tamanho exato desta rampa, mas um homem de 43 anos que venceria esta mesma luta no final da noite demorou 4 minutos para completar sua entrance.

Na mesma medida, Charles Robinson, um homem que já havia visto seu ídolo ser derrotado, usou toda a força de seu coração e da alma; ele é o verdadeiro vencedor da noite e, à epoca, com 43 anos, demora menos dez segundo para chegar ao ringue e quase finalizar a luta.

Ele foi a verdadeira estrela desse grande evento de palmeiras, boxeadores, rappers, covers da playboy, velhos aposentador e homens que fazem sexo em liiiive television.

Charles Robinson explodiu em uma noite, um big bang de potência e talento. Hoje, nós vivemos dentro de seu universo, criado por sua bondade e amor. Que neste dia sua palavra abençoe vossas vidas

Bom dia, grupo

Na próxima edição, um assunto menos relevante e pesado.

Assinem minha newsletter e entrem no Pipebomb.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.


Mais postagens

Apostas erradas?

Posted by - 28 de janeiro de 2015 0
Eu gosto do Roman Reigns. É o lutador da nova geração que eu vejo com o cinturão da WWE, e…