O AEW Dynamite falou de The Miz, John Cena e Triple H

119 0
CM Punk vence QT Marshall no AEW Dynamite

Mais uma semana com AEW Dynamite ao vivo na nossa TV brasileira, quer coisa melhor? O futebol na Globo que se cuide.

E o programa já começou com MJF e CM Punk no ringue trocando farpas. MJF elogiou a Pipebomb, mas disse que ele faz aquilo toda vez que pega um microfone. CM Punk então esculachou MJF, chamando ele de Miz menos famoso. O nível de ofensa gratuita entre esses dois começou bem alto.

Por outro lado, MJF chamou Punk de Hustle Loyalty Respect, tal qual John Cena. Ele disse que Punk odeia tudo sobre ele porque ele representa o que o Punk é contra. Mas que ninguém se importa com ele, seja John Cena ou Triple H, ele não é melhor que MJF e sabe disso.

Punk disse que tem um pouco de verdade no que ele disse, que ele teria medo do que seria quando voltasse após 7 anos. Mas ele não está mais com medo, e certamente não está com medo de MJF. E então, Punk lembrou de Darby Allin o que fez MJF ficar puto. Punk fala que MJF não se deu conta que foi substituído por Britt Baker.

Minha nossa senhora, Punk perguntou para MJF quem é o número 1 da empresa já que ele é o segundo, e certamente não é MJF, pois teríamos que esperar tempo suficiente para Tony Khan ter uma filha pra que ele case com ela. Os dois quase partiram para briga, mas MJF correu como sempre.

1ª luta: CM Punk vs. QT Marshall

Na volta dos comerciais, já vimos QT Marshall no ringue começando a ação contra CM Punk. A Factory está no ringside, mas rapidamente o juiz manda eles embora. QT tenta trabalhar no tornozelo de Punk, que rapidamente revida e manda ele pra fora do ringue.

A luta seguiu, eu confesso não ter prestado muita atenção, mas CM Punk acertou seu GTS para a vitória e é isso.

Vencedor: CM Punk via pin

É isso aí. Estou com fome.

A gente viu Eddie Kingston mais uma vez perder seu momento de paz porque um monte de chato incomoda ele nos bastidores, dessa vez deu caô.

2ª luta: The Gunn Club vs. Bear Country

A luta foi bem rápida, não deu tempo de focar muito nela. Não ajuda muito o fato de serem duas duplas completamente desinteressantes. Os Gunns venceram com facilidade.

Vencedores: Gunn Club

Depois da luta, Sting e Darby Allin vieram cobrar a família Gunn, que fugiu do ringue na mesma hora.

Adam Cole está nos bastidores com Bobby Fish reclamando da última semana e sobre melhores amigos, e então, é claro, a Best Friends apareceu. Cole disse que eles são péssimos amigos, e que Cole e Bobby Fish são muito melhores do que eles.

Vimos também uma assinatura de contrato entre Dante Martin e o Time Taz. Lio Rush veio para tentar impedir seu pupilo, mas ele assinou mesmo assim. Lio ficou em choque.

O show tá meio corrido hoje.

3ª luta: Jamie Hayter vs. Thunder Rosa

Mais um combate válido pelo torneio TBS, para saber quem avançará às semifinais para enfrentar Jade Cargill. E o combate começou bem animado entre as duas. O bonde da Britt Baker está no ringside para garantir que nada dê errado.

O público também está bem animado pra luta, e as duas vem fazendo um bom trabalho. Não tivemos comercial no Space, então a luta ficou meio enrolada até que elas voltaram pro ao vivo nos EUA. E já voltaram com Thunder Rosa dando um missile dropkick.

Rolou aquela distração no juiz, e aí Britt Baker foi acertar um superkick, mas acabou acertando a própria amiga. Thunder Rosa aproveitou para usar o fatal roll-up pra vencer.

Vencedora: Thunder Rosa via pin

Foto: AEW

No final, Jamie Hayter ficou puta com Britt Baker, e vazou sem cumprimentar a amiga. Vem treta aí.

Mais uma vez a 2.0 e Daniel Garcia interromperam alguém no programa, dessa vez foi Chris Jericho. E Jericho disse que Eddie Kingston vai quebrar eles de porrada, mas se interromperem ele de novo, quem vai quebrá-los é o próprio Jericho.

E então, tivemos o Friendsgiving de Tony Schiavone e Dra. Britt Baker. Essa vamos pular.

4ª luta: Bryan Danielson vs. Colt Cabana

Apesar de Colt Cabana ser de Chicago, o público estava mais com Bryan Danielson do que com ele no começo. Bryan começou dominando a luta, como já era esperado.

Não teve nem graça, Colt Cabana até tentou, mas Bryan bateu tão forte que até arrancou um dente de Cabana. Bryan foi para seu Yes Lock (ainda pode chamar assim?) e Colt Cabana não aguentou.

Vencedor: Bryan Danielson via submissão

Após a vitória, Bryan catou os pedaços de dente do Colt Cabana e ficou se gabando.

Na volta dos comerciais, Bryan fez uma promo provocando Chicago e a Dark Order, dizendo que na semana que vem ele vai chutar a cabeça de mais alguém do grupo. Mas foi ele falar de Adam Page, que o caubói veio ao ringue.

Adam Page falou que queria defender o cinturão ali mesmo em Chicago, mas para Bryan isso não é Cowboy Shit, e sim Coward Shit, pois ele já lutou hoje. Adam Page concordou, mas não quer sair dali sem uma briga. E como Bryan acabou de lutar, Page deixará que Bryan dê a primeira porrada.

Bryan disse que estava insultado, mas logo largou um tapa na cara de Page e a porradaria começou. Page foi para seu Buckshot, mas Bryan vazou do ringue na hora.

5ª luta: Cody Rhodes, PAC e Lucha Brother vs. Andrade, Malakai Black e FTR

Aqui a gente já sabe que as melhores partes da luta serão quando Cody e FTR estiverem longe do ringue, mas tudo bem.

Eu poderia ficar falando horrores dessa luta, mas vou me ater ao momento em que a plateia devolveu o cinto de Cody Rhodes. Que momento maravilhoso.

Infelizmente não prestei atenção, mas pela reação do twitter a luta foi uma lutaça, com um plus de Andrade estar de sunga.

No final, Malakai Black aplicou o Mist em PAC e o Andrade acertou um El Ídolo para finalizar o combate.

Vencedores: Andrade, Malakai Black e FTR via submissão

Um excelente combate, à exceção de Cody Rhodes, que deixou todo mundo feliz nesse Dynamite.

Eu vou aproveitar o espaço para dizer uma coisa nada a ver com o Dynamite: apoiar a comunidade não significa tolerar o intolerável. Se você sai em defesa de alguém que faz questão de dizer que não faz parte da comunidade, que inventa coisas e lutas para fingir ter conhecimento, que chega ao ponto mais baixo possível de usar o suicídio de alguém para atacar os outros, você que fale sozinho. O Jericho chutando a bandeira do Brasil fez mais pela IWC BR do que você e o cara que está babando o ovo junto. Obrigado pela audiência.

E você sempre pode acompanhar tudo sobre o AEW Dynamite conosco pelo Twitter: @WrestleBR e Twitch: https://twitch.tv/wrestlebr

Airton Reis

Conheci a luta livre em 2008 e isso mudou a minha vida. Surgiu a ideia do WrestleBR em 2014 quando a WWE passou a ser ao vivo por aqui. Desde então, escrevo sobre tudo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.


Mais postagens