O guerreiro dentro de nós.

2274 0

Uma noite comum, acessando a internet após mais um dia finalizado. Recebo um vídeo motivacional de um conhecido e enquanto assisto me deparo com a seguinte frase: “O que você quer ser quando crescer?”.

Uma frase dita frequentemente por muitas pessoas, que quando somos crianças pode ser facilmente respondida, podemos ser tudo.

Logo depois recebo a notícia que Ultimate Warrior acabava de falecer. Novamente essa pergunta me veio a tona. Em alguns anos da década de 90, ele conseguiu dividir com Hulk Hogan o status de super-herói, o maior nome da luta livre mundial. Meteórico como sua entrada eletrizante ao ringue, durou pouco, mas mudou totalmente o mundo do pro-wrestling.

warrior1
O homem que derrotava o até ali invicto em WrestleManias, um ícone da cultura pop americana, uma lenda viva, o verdadeiro super herói americano. Sim, ele derrotou Hogan, unificou os dois maiores cinturões da empresa e naquele momento, se tornava o #1.
Eletrizante, uma tremenda porrada no seu cérebro com uma batida intensa ao fundo. Eu queria ser esse cara.

warrior2
Eu já tinha lá os meus 15 anos, não era mais uma criança, mas queria ser aquele cara. Dias e dias pesquisando sobre, viciado naquela batida e a intensidade, vinda de uma força sobrenatural da torcida, que o adorava como um herói como qualquer outro guerreiro, seja o Thor ou Macunaíma.

warrior4
Ele não é o meu herói de infância, nem o meu herói, longe disso. Mas esse cara, por um espaço curto de tempo, me fez imaginar como é ser um super herói, me fez conhecer o começo dos anos 90, pelo menos na luta livre, e eu queria estar lá, como uma criança vendo o seu super herói.
Um herói pode morrer, mas seu espírito de guerreiro, esse nunca.

ultimatewarriorAutor: @gomeslukito

Lucas Gomes

Não sou um profissional.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.


Mais postagens

Eles não precisam disso

Posted by - 18 de março de 2016 2
Em qualquer profissão, quando se assume uma posição de poder você deixa de se encarregar de determinadas funções que você…

O ringue e você

Posted by - 13 de fevereiro de 2016 0
Eu não sou um grande conhecedor do amor, mas gosto de definir como um lugar que não adianta quantas vezes…