O relatório financeiro da WWE indica distância da América Latina

861 0

A WWE continua a crescer mais e mais a cada ano. Isso é um fato que nem mesmo o grande baque que levaram nas últimas semanas por conta da saída de alguns vice presidentes consegue brecar. A saída deles levaram as ações da empresa a despencarem de uma forma que o valor de mercado caiu mais de 1 bilhão de dólares. E isso não muda em nada a decisão estratégica da companhia para 2020, de acordo com o relatório financeiro publicado pela WWE no dia 06.

O recado é bem nítido: eles querem aumentar a distribuição de conteúdo por todo Oriente Médio e Índia. E estão medindo todos os esforços possíveis para concluir a negociação por lá. Somando isso ao terceiro ano em que as receitas de eventos não televisionados cai, é só fazer as contas.

Menos eventos, mais TVs

Indo aos detalhes, conseguimos ver que a cada ano a quantidade de eventos ao vivo diminui consideravelmente. Seja nos EUA ou internacionalmente – o nosso interesse está aqui – o fato é que estamos em uma constante descida. Ao todo, foram 260 eventos não televisionados nos EUA e 50 eventos internacionais em 2019, uma queda considerável se compararmos a 2018 onde tivemos 310 eventos nos EUA e 56 pelo mundo. E como esta não é nem de longe a principal fonte de receita da companhia, a tendência é diminuir por mais um ano.

Tendo isso em consideração, podemos concluir que dentro das (menos que) 50 possíveis datas internacionais que a WWE projetar para 2020, existe uma chance muito maior de que eles deem preferência ao Oriente Médio e Índia. Ainda mais pelo fato de que ano passado eles já vieram à América do Sul, onde tivemos até mesmo datas previamente confirmadas para o Brasil, mas que acabaram não sendo utilizadas pela companhia.

De fato, a WWE já possui 4 datas de eventos na África do Sul após a Wrestlemania, além de outras 9 datas na Europa em seguida. Por fim, temos já confirmadas outras 3 datas no Japão. Sendo assim, temos 16 datas internacionais além do Super ShowDown. Se a WWE manter a diminuição de 10% das datas esse ano, como foi em 2019, temos ainda algo em torno de 26 datas internacionais a serem preenchidas.

Uma coisa nós podemos ficar tranquilos, as transmissões do Fox Sports/ESPN (futuramente) continuarão normalmente. No relatório financeiro, a WWE celebra a renovação do contrato com a Fox Sports Latin America.

Agradecimento especial ao Enfim Tag Team pela thread publicada sobre o relatório, e ao Fightful pela análise detalhada.

Airton Reis

Conheci a luta livre em 2008 e isso mudou a minha vida. Surgiu a ideia do WrestleBR em 2014 quando a WWE passou a ser ao vivo por aqui. Desde então, escrevo sobre tudo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.


Mais postagens

Desrespeito

Posted by - 11 de setembro de 2016 0
A estreia de CM Punk no UFC foi um evento muito esperado entre os fãs de pro wrestling. Vimos toda…

Eles não precisam disso

Posted by - 18 de março de 2016 0
Em qualquer profissão, quando se assume uma posição de poder você deixa de se encarregar de determinadas funções que você…