Só mais um texto sobre Shirai vs Storm

1437 0
shirai vs storm

Esse texto também é uma oportunidade de falar sobre a falta que o Evolution faz no calendário da WWE.

Sinceramente, Shirai vs Storm é uma ótima luta em um evento excepcional. Dentro do WWE Evolution 2018, PPV da empresa de Stamford exclusivo para mulheres, tivemos alguns combates memoráveis e um card que foi, do inicio ao fim, impecável.

Todos os combates, sejam eles homenagens ao passado ou lutas de dupla sem muita relevância, tiveram qualidade e contaram uma história que foi interessante de assistir. Nesse plantel temos a final do Mae Young Classic 18’.

torneiozao da porra

Toni Storm, estrela do cenário britânicoa, transitava com o NXT UK ao status de WWE Superstar. Vendida para o público como uma estrela em potencial, Storm tinha coração e uma tonelada de habilidade.

Em sua caixa de ferramentas carregava a experiência de um mestre combinada com os benefícios da juventude. Stamina, força e habilidades atléticas puras faziam da wrestler australiana uma força a ser batida, enquanto transitava de carvão para diamante.

Se de um lado tinhamos um diamante a ser lapidado, do outro existia um gênio com as ferramentas perfeitas para martelas a matéria bruta. Io Shirai, gênio dos céus, competia com o peso do nome nas costas. Mais uma estrela japonesa na WWE. Estaria ela à sombra de suas conterrâneas?

Com um estilo diferente de Sane e Asuka, Shirai luta com graça e potência. Seu golpes são igualmente plásticos e poderosos. Se pegarmos as Wrestlers supracitadas em seus melhores traços e adicionarmos alguns galões de um carisma arrebatador, chegamos à finalista do MYC 2018.

PLAU

Shirai vs Storm não foi uma luta longa e nem precisava ser. Dentro do WWE Evolution, serviu como uma preparação para a segunda parte do evento. Valia um torneio importante dentro da estrutura feminina da companhia, mas não era um titulo. Isso abriu caminho para uma luta “open card” de trios e, após isso, três lutas por titulo.

É importante visualizar este combate dentro do contexto pois o meio, por comparação, pode melhora-lo ou piorá-lo. Neste caso, ele fica ainda melhor, dado as condições do evento em si. Evolution foi proposto pela WWE como um evento especial, mas recebeu a atenção de um House Show ao vivo.

Não havia fogos ou um stage. A iluminação era porca e a divulgação foi um tanto mal feita. Muito próximo ao Crown Jewel, o Evolution soava como um prêmio de consolação da companhia. Talvez ninguem esperasse que as mulheres da WWE fariam o melhor show do ano. Pelo menos as pessoas que não estavam prestando atenção.

A Womans division desta empresa é uma das melhores do mundo. A WWE tem um plantel de personagens femininos incrível e produz mais a cada dia com seu Perfomance Center e NXT. Não faz sentido, por conta disso, que a empresa faça ALGUMAS VEZES POR ANO um evento exclusivamente de homens e não refaça o Evolution.

Mas espere, você sabe que eu estou enganado. Faz todo sentido. Faz todo sentido monetário. Ask the Sheik.

Enfim, mesmo com todos os obstáculos, Shirai vs Storm foi uma luta completa e emocionante. Seu tempo reduzido aumentou o impacto e a urgência. Alguns momentos de brilhantismo enfeitam a peleja de uma forma interessante, enquanto a técnica que é deixada fora dos highlights faz a base deste conto curto e certeiro.

Neste dia, australiana e japonesa foram parte da história do Evolution. História que, espero eu, não fique somente em 2018.

Pipebomb

Newsletter

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.


Mais postagens