Um sábado de Telecatch com a Linha de Frente da BWF

238 0
Adam Black e Allan Sales no Linha de Frente da BWF

Ontem estivemos presentes no evento Linha de Frente da BWF, onde tivemos a gravação de dois episódios para a TV e o Telecatch no Youtube. E foi muito bom.

O evento contou com seis lutas, divididas por um intervalo no meio delas. Antes de começar, Toko Infernal veio cobrar uma luta de Matths Alves, que disse que quem marca as lutas não é ele, mas sim o velho Bob Jr.

Skinner roubou a cena na abertura

A ação no ringue já começaria com Adam Black contra Allan Sales, mas um rosto novo interrompeu os dois e impôs o seu lugar nessa luta, seu nome é Skinner. O campeão concordou, e então o combate virou uma ameaça tripla.

Essa foi, facilmente, a melhor luta da noite. Guardem o nome de Skinner, pois ele vai longe. Não é que Allan Sales e Adam Black tenham lutado mal, pelo contrário, eles lutaram muito, mas Skinner foi o destaque da luta.

No final, Allan Sales conseguiu aproveitar o momento certo e manteve seu cinturão dos Rookies.

Em seguida, tivemos Yan Karlor defendendo seu cinturão da Internet contra o Tubarão Negro. Foi um combate razoável, os dois entregaram uma boa luta, mas muitos dos spots que vimos nela aconteceram na luta anterior.

Inclusive, praticamente todas as lutas da noite tiveram suicide dives para fora do ringue que resultaram em algumas cadeiras quebradas.

Tá tudo bem, Speed?

Na luta do Sobrevivente, o campeão Speed assustou a todos com sua nova máscara. Uma coisa bem macabra, com 666 e cruzes invertidas no peito, inclusive. Eu já quero ver Demon Bálor contra Speed.

Ele enfrentou Colossus e Big Boy, em mais um belo combate que os três entregaram. No meio do combate, Dante invadiu e atacou Speed com uma tábua de plástico. Isso só serviu de arma para o Speed vencer seu combate. O cara tá sinistrão.

No final da luta, o rapaz do meu lado encostou em Speed, que deu uma encarada que até eu que não tinha nada com isso comecei a rezar o terço.

E então tivemos um intervalo de 10 minutos.

Matths Alves entrou para o Moxleyverso

No retorno, tivemos a luta entre o Rei do Ringue Matths Alves contra Dillios. E com sua careca à mostra, assim como Chico Barney, Matths entrou para a seleta lista dos sósias de Moxley.

E a semelhança não ficou só na roupa, pois Matths venceu o combate aplicando um Paradigm Shift, golpe de Moxley.

O penúltimo combate da noite foi entre Acce e Lobo Peruano, valendo o título Sulamericano. E foi uma luta muito boa, com diversos momentos de tirar o fôlego.

Destaque para o Panama Sunrise que Acce aplicou em Peruano, subindo nas costas dele para pegar impulso. Quando sair a gravação, assistam a essa luta e vocês não vão se arrepender.

Sobrou até para o filho do Bob Jr

O final do evento contou com uma luta entre Nocaute Jack e Victor Boer, mas Boer cometeu o erro de aceitar que Nocaute Jack desse as regras dessa luta. A primeira delas foi colocar Rurik Jr em seu lugar, que pegou Boer de surpresa e o atacou brutalmente.

Mas não parou por aí, Nocaute Jack veio ao ringue depois que Rurik Jr amaciou a carne para ele, e expulsou o juiz do combate. As regras eram dele, inclusive o juiz, e então ele chamou Mario Boy para apitar a seu favor.

Boer chegou a tentar revidar com uma cadeira, mas ainda era um 3 contra 1, pois uma das regras era a que Bob Jr nada poderia fazer, caso contrário Victor Boer perderia o cinturão. Aí vieram as famosas cintadas de Nocaute Jack. O barulho, bom, vocês podem ouvir no vídeo a seguir.

O que mais chocou a todos foi que sobrou até para o filho de Bob Jr, uma criança inocente, coitada, mas levou chicotada igual.

Por fim, após Boer perder para Nocaute Jack, Bob Jr pegou o microfone e falou que no próximo evento da BWF teremos ele e Victor Boer contra Nocaute Jack e Rurik Jr num combate de duplas. O acerto de contas vem!

Foi muito bom acompanhar o Linha de Frente da BWF e todos estão de parabéns pelo show que entregaram. Nos vemos na próxima!

Sigam a BWF no Twitter, Instagram e Youtube.

Airton Reis

Conheci a luta livre em 2008 e isso mudou a minha vida. Surgiu a ideia do WrestleBR em 2014 quando a WWE passou a ser ao vivo por aqui. Desde então, escrevo sobre tudo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.


Mais postagens