Verão Sem Punk

2420 0

Você consegue imaginar o futebol atual sem Cristiano Ronaldo? E se Jon Jones resolvesse parar de lutar em um sábado qualquer? Isso que o ano de 2014 reservou para os fãs de WWE. Phil Brooks, ou o melhor do mundo CM Punk deixou a empresa pela porta dos fundos, e você caro leitor, só soube o porque dessa saída repentina no final deste ano que passou.

E assim como eu ficou pensando: “Mas que presepada é essa Vince?”

Mas eu acredito que essa não é a questão principal. A questão número um em minha mente era se a WWE conseguiria depois de 3 verões consecutivos com Punk como a uma das principais estrelas se renovar, e, não depender apenas de John Cena e as figurinhas carimbadas no odioso coração de um fã de Pro Wrestling.

9559_3

Phil sem sombra de dúvida era um dos mais adorados em um lugar onde a luta livre e a pornografia tem muitos adeptos, isso mesmo, nossa querida internet.

Mas a WWE conseguiu mesmo com tropeços amolecer o coração da comunidade da internet.

WM30_Photo_343

No começo do ano, mesmo com a excepcional cagada de Batista e Randy Orton ser o evento principal da WM, eles colocaram um porém nesta luta, com a adição de Daniel Bryan. E o barbudinho venceu na WrestleMania XXX, mas logo depois uma lesão no pescoço o retirou dos ringues por todo o ano da Copa no Brasil. Agora fudeu já era.

Na-na-ni-na-não.

RAW_1093_Photo_073

A ascensão da Wyatt Family, com seu principal e macabro personagem Bray Wyatt começou a ganhar destaque, e o desmembramento da Shield fez com que a WWE passasse a ter 4 futuros Main Eventers, com destaque pra vitória no Money In the Bank de Seth Rollins, a o status de novo grande babyface da empresa para Roman Reigns.

RAW_1068_Photo_291

Com a separação da Wyatt Family, Luke Harper também se mostrou uma grata surpresa, alem de Dolph Ziggler que mesmo por muitos é dito desvalorizado, roubou a cena nos meses finais do ano.

sting-returns-wide-shot-850x560

O debut de Sting na empresa no emblemático evento principal do Survivor Series, além da conquista do título principal da empresa por Brock Lesnar (que também acabou com a Streak, no momento mais chocante do ano) mostram que para a WWE, CM Punk é praticamente página virada.

RAW_1113_Photo_014-2382514744

Perder Phil Brooks é irreparável, ele nos deu momentos incríveis, destacando aquele julho de 2011, que meus filhos saberão como foi com todos os detalhes. Mas a federação de maior expressão nesse universo conseguiu suprir a falta do líder dos Straight Edges. Mas em 2015, se vocês quiserem ter outro verão de Punk, terão de sair do Fox Sports e migrarem para o Combate, pois assim como Punk é uma página virada para o Wrestling, o Wrestling é uma página virada para Punk.

Artigo feito por @gomeslukito

Lucas Gomes

Não sou um profissional.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.


Mais postagens