WWE no Brasil: chegou a hora deles voltarem?

4721 0
Última vez que a WWE esteve no Brasil

A comunidade brasileira dos fãs de wrestling na internet está mais do que empolgada. O sucesso da WWE no Brasil está rendendo frutos, pelo menos é o que as notícias que corre no mundo da luta livre dizem. Como na coluna feita pelo o nosso querido presidente do WrestleBR, Airton, na semana passada, e já publicado no Wrestling Observer Newsletter, a empresa pensa em ter uma estrela sulamericana. E, atualmente, o Brasil possui três lutadores no Performance Center, que treina as futuras estrelas da WWE.

Brasileiros na WWE

Na lógica, essa estrela seria brasileira, já que os nomes estão sendo preparados. Adrian Jaoude, Taynara Conti e Cezar Bononi tem a chance de fazer o que apenas Paulo César Silva, o “Giant Silva”, fez no final da década de 1990: ser um brasileiro parte do elenco principal da WWE. Esse momento parece ser iminente, já que há um número crescente de aparições dos tupiniquins nos shows televisionados do NXT, inclusive com a participação importante de Taynara em um importante combate feminino. Nesse show, a nossa brazuca ajudou a nova facção badalada do NXT, a Undisputed Era.

Foto: WWE

Em 2008, muitos, principalmente os que não possuíam TV por assinatura, se surpreenderam com gigantes com trajes engraçados lutando em um ringue às quatro da tarde. Inclusive, o apenas conhecido por ser apresentador do “Aprendiz” norte-americano, Donald Trump, deu o ar da graça em um combate. E, logo, essa programação insana sumiu das nossas telas, e reapareceu em 2011, no Esporte Interativo. Canal pequeno à altura, com menos de cinco anos de existência. Alguns anos depois, de repente, a WWE surge no Fox Sports, ao vivo, como nunca havia sido antes. E nunca mais foi embora.

Desde então, com um canal de maior expressão, é inevitável que a base de fãs da empresa cresça dentro do país, já que o alcance é maior, o show já é exibido há mais de dois anos, inclusive com os comentaristas participando dos shows in loco. Além disso, a WWE realiza turnês pela América Latina praticamente todos os anos. Países como Chile, Peru e Equador já receberam os lutadores algumas vezes durantes esses últimos 10 anos. Essa semana foi a vez dos nossos hermanos argentinos os acolherem.

A última vez da WWE no Brasil

O Brasil, maior país do continente, recebeu a WWE em 2012. Uma grande novidade nas duas grandes capitais: Rio de Janeiro e São Paulo. Um dos shows, em terras cariocas, foi cancelado por problemas com o local de exibição. Mas o outro foi um grande sucesso…até o evento principal. Naquele momento, CM Punk e Chris Jericho rivalizavam pelo o cinturão, e Y2J era o vilão durante a rivalidade. Um torcedor lançou a bandeira do Brasil em sua direção, e Jericho, em um movimento involuntário, chutou o pavilhão nacional.

Foto: UOL Esporte

Clima de tensão gerado, suspensão para o lutador, grande polêmica. Mesmo assim, o Brasil conseguiu alcançar o seu lugar diante dos olhos da WWE. Talvez toda a polêmica com Jericho tenha dificultado o retorno da empresa ao Brasil. Mas, após anos turbulentos com grandes eventos, além de uma grave crise financeira acompanhada por todo o planeta, o retorno se tornou difícil. Agora, quando finalmente não teremos nenhum evento de grande porte no país, é possível que, finalmente, eles retornem. E estamos ansiosos por isso.

E pra você, será que é agora que ninguém segura esse país? Chegou a hora da WWE voltar ao Brasil?

Lucas Gomes

Não sou um profissional.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.


Mais postagens

A cabelera de Cameron Grimes

Cabelera Match

Posted by - 24 de novembro de 2021 0
Para fingir que eu sou uma pessoa antenada eu direi que estou fazendo esse texto porque o Cameron Grimes vai…