AEW Dynamite: CM Punk confirmou Daniel Bryan na All Elite Wrestling?

444 0
CM Punk e Tony Schiavone no ringue do AEW Dynamite, onde Punk deu a entender que Daniel Bryan virá em breve

Vocês já se deram conta que CM Punk está aparecendo numa quarta-feira em pleno AEW Dynamite? Mas não foi só isso, CM Punk ainda fez questão de deixar todo mundo em êxtase com a possibilidade de vermos Daniel Bryan na AEW. Mas ainda chegaremos lá, vamos falar do começo do show.

Orange Cassidy é o lutador mais violento da AEW

O Dynamite começou com um violentíssimo combate entre Matt Hardy e Orange Cassidy. Tem que ter coragem para enfrentar Cassidy, você pode se dar muito mal em algum dos múltiplos golpes violentos que ele tem na manga.

Matt Hardy começou a jogar dinheiro pro alto, mas seu erro foi de tirar o dinheiro do bolso de Orange Cassidy. Pois isso fez com que ele recebesse um golpe violentíssimo que quebrou o seu nariz. Desceu muito sangue em Matt Hardy, que viu a derrota chegando. Orange Cassidy venceu, mas fica aqui a nossa crítica por tamanha violência sendo exibida na TV.

Malakai Black fez um segmento falando sobre sua luta contra o filho de Arn Anderson mais tarde, mas o que mais preocupou aqui é o olho de Black. Aquilo tá necrosando, gente…

Será esse o fim de Chris Jericho?

O Aiatolá do Rock’n Roll veio ao ringue para falar sobre seu futuro. Existem boatos que Jericho daria um tempo para turnês com a banda, mas o que vimos foi a marcação de mais uma luta. O que deixou a gente com um grande ponto de interrogação foi a estipulação que Jericho colocou para essa luta. Não só Chris Jericho quer enfrentar MJF novamente, como também ele colocou a sua carreira em jogo.

Assim fica difícil saber como essa luta se dará, pois a AEW não como a WWE que faria tranquilamente uma DQ nessa luta e bola pra frente. Não dá para imaginar que Jericho encerre sua carreira tão cedo, apesar de já ser um idoso. Mas fazer MJF perder só terá sentido se eles engatilharem isso com uma nova e inédita rivalidade no All Out.

Universitários contra luchadores, incrível

Eu simplesmente amo a vibe atlética de faculdade dos Varsity Blondes, pra mim é uma das melhores coisas atualmente na AEW. E ontem eles tinham um combate marcado contra os Lucha Bros, que também estão entre uma das melhores coisas atualmente na AEW. A verdade é que a All Elite Wrestling inteira é uma das melhores coisas atualmente na AEW.

Foi um ótimo combate, e o Rey Fenix é um dos melhores high flyers do mundo. Sim, dois parágrafos só com os melhores. Agora vou parar antes que vocês desistam de ler o restante. E no final ainda tivemos o Jurassic Express se juntando aos Lucha Bros para tirar os Young Bucks dali, apesar de se enfrentarem nessa sexta-feira, todo mundo sabe que odiar os inimigos da moda é inevitável.

A divisão feminina da AEW pede socorro

Cumprindo a cota de uma luta rápida por Dynamite, Jamie Hayter e Red Velvet se enfrentaram, com Hayter se sagrando vitoriosa. Depois da luta, Jamie e a Doutora Britt Baker Odonto atacaram a adversária caída no ringue, mas não contavam com Kris Statlander que veio salvar Red Velvet. Ela é a próxima desafiante ao cinturão de Britt Baker, e ainda não perdeu na AEW.

CM Punk deu início à segunda hora do programa

Tony Schiavone estava no ringue e fez uma bela introdução para a plateia, pois CM Punk viria a seguir em sua primeira aparição no AEW Dynamite. Com um frisson menor que o público de Chicago, mas ainda assim bem alto, CM Punk veio. Uma coisa linda do vídeo que está abaixo, é que o público começa a cantar junto do primeiro verso da música. E depois, quando CM Punk de fato aparece, somos inundados com o grito que cansamos de ouvir durante 7 anos: CM Punk! CM Punk! CM Punk!

CM Punk colocou mais fogo na possível aparição de Daniel Bryan na AEW

Simplesmente isso aconteceu. Enquanto CM Punk falava sobre a sua luta com Darby Allin, e o quanto aquilo significa para ele se provar estar certo, uma bomba foi lançada. Punk perguntava sobre se ainda há espaço para ele ser o Best In The World, o que prontamente fez a plateia começar a alusão à Bryan Danielson. Os gritos de “Yes!” começaram, e Punk mostrou mais uma vez o motivo dele ser muito bom no que faz.

Bastou uma frase, sem nomes, para que CM Punk fizesse o público ir à loucura mais ainda. Estamos vivenciando a história sendo escrita, mas dessa vez por uma caneta diferente. Eu só peço que continuem.

Brasil-sil-sil!

Jon Moxley, que cada vez se parece mais com Chico Barney, veio com Eddie Kingston e Darby Allin para enfrentar os Wingmen. Mas não deu pra gangue que conta com o brasileiro Cezar Bononi. A vitória veio por Darby Allin, que acabou sendo atacado por Daniel Garcia enquanto ainda estava celebrando sua vitória.

Logo na sequência, foi anunciado que Tay Conti estará no All Out da semana que vem. A faixa preta de judô irá participar do Casino Battle Royale, no qual a vencedora receberá uma chance pelo cinturão de Dra. Britt Baker. Mas será que a brasileira dá conta de vencer esse combate?

Kenny Omega falou algo familiar para Christian

Na sequência tivemos Kenny Omega e Christian Cage promovendo a luta entre eles que acontecerá no All Out, mas você já viu basicamente tudo isso algumas semanas atrás quando eles estavam lutando pelo cinturão do Impact. Porém dessa vez Kenny Omega foi além, pois fez uma famosa pergunta a Christian Cage: You think you know me?

Eu ainda acho que Edge um dia ainda lutará na AEW, sob o nome de Adam Cage, pois na história ele se portaria como irmão de Christian. E também primo de Brian.

Malakai Black é contra o nepotismo, e nós também

Nós já trouxemos essa questão aqui antes, pois o que vemos tanto na WWE quanto na AEW é o nepotismo descarado das instituições. Dominik e Rey Mysterio, Goldberg e seu filho, e agora Arn e Brock Anderson. Alguém precisa parar isso antes que os filhos de Reigns, Moxley e Rollins resolvam fazer a Shield 2.0.

E parece que Malakai Black não só é contra a aposentadoria, mas também contra o nepotismo. Um verdadeiro vigilante das instituições. O evento principal terminou com Shotty Lee vindo salvar a família Anderson, mas foi bem esquisito, não deu pra entender direito o que estava acontecendo.

E esse foi o AEW Dynamite dessa semana. Pra ser sincero, foi um show bem razoável, nada muito relevante além de CM Punk cogitando Daniel Bryan na AEW. E isso é o suficiente pra que o programa seja o melhor conteúdo de big league semanal atualmente.

Voltamos na semana que vem com mais um Dynamite, e você pode acompanhar junto conosco via twitter, basta seguir o @WrestleBR. Também cobrimos todos os Dynamites na live do Vinne na Twitch!

Airton Reis

Conheci a luta livre em 2008 e isso mudou a minha vida. Surgiu a ideia do WrestleBR em 2014 quando a WWE passou a ser ao vivo por aqui. Desde então, escrevo sobre tudo.

0 comentários

  1. Pingback: Confira a audiência do primeiro AEW Dynamite com CM Punk — WrestleBR

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.


Mais postagens

Sting no ringue

Vou falar de Sting

Posted by - 11 de março de 2022 0
Eu já começo esse texto dizendo que eu nunca vi mais do que 30 minutos do que tornou Sting a…