Edge menciona a AEW e a coloca no bolso durante o RAW

164 0
Edge citou a AEW no RAW

Por incrível que pareça, esse RAW foi muito bom, de verdade. E além disso, Edge ainda deu um recado para a AEW no meio do programa.

O show dessa semana começou com Seth Rollins vindo ao ringue, e parece que ele incorporou a personalidade de um drogado. Interessante é que o público comprou a música nova dele, pois estão cantando junto com ela.

Rollins veio anunciar que enfrentará Big E no evento Day 1, que eu certamente não assistirei, pois será no pós-Revéillon.

Enquanto Rollins falava, Bálor veio ao ringue mas nem perdeu tempo, já foi pra cima do pomposo e começou uma sessão de agressão pra cima do marido de Becky Lynch.

Foto: WWE

Na semana passada, foi o inverso que aconteceu, e não tivemos a luta entre os dois. Mas dessa vez, a luta não só aconteceu como toda essa animosidade rolou antes de rolar um comercial.

1ª luta: Seth Rollins vs. Finn Bálor

É claro que bastou 20 segundos de luta pra que Rollins fosse pra fora e Bálor viesse com seu suicide dive, que também é conhecido como chama VT.

A luta voltou com muita ação, os dois trocando seus golpes de sempre e tentando a qualquer custo ganhar. Um verdadeiro show de near falls. Teve um belo frogsplash revertido em rolamento por Finn aqui.

Rollins foi pro seu Curb Stomp, mas Bálor reverteu e foi pro seu Coupe de Grace, que também foi revertido por Rollins. De um lado o Pelé Kick de Bálor, do outro um Enziguiri.

Até que Rollins acertou os olhos de Bálor sem que o juiz visse, e como na WWE não tem VAR, Seth aproveitou o momento e aplicou seu Curb Stomp.

Vencedor: Seth Rollins via pin

Foi um bom combate para abrir o RAW. Teve uma dinâmica muito boa.

Em seguida, vimos um vídeo de Liv Morgan acertando a cara da campeã Becky Lynch na semana passada, e então Becky fez a sua entrada pro ringue. Mais comerciais.

Antes de Becky, vimos Vince McMahon e Austin Theory no escritório do Chairman da WWE. O maior entusiasta de crimes da companhia estava dando conselhos para o novato, mas disse que se ele roubar de Vince de novo, estará morto.

Sonya Deville está no ringue anunciando Becky Lynch, mas o ponto disso tudo era que o público desse uma boa reação para Liv Morgan.

Mais uma vez, Becky Lynch pegou a dianteira e falou praticamente tudo desse segment. E então, soubemos que a luta entre elas acontecerá na próxima semana. Becky foi genial e zoou o fato de que a cidade que estão não vai receber essa luta.

Foto: WWE

Dona Rebecca continuou falando até que finalmente Liv Morgan veio aí, e mandou ela calar a boca. Liv falou que mostrou suas emoções com um soco, mas Becky foi uma grande chorona quando enfrentou Charlotte Flair.

Liv Morgan falou que da mesma forma que a amizade de Becky com Charlotte acabou por culpa de Becky, suas amizades não estão mais na WWE por causa do contrato grande e gordo de Becky. Ela realmente mandou muito bem e estou feliz com isso.

É hora de RK-Bro.

2ª luta: RK-Bro vs. Dirty Dawgs

De novo? Pois é. A luta começou com Matt Riddle levando porrada porque estava distraído, mas logo fomos para outro comercial e eu nem estava prestando atenção na luta.

Voltamos com Randy Orton e Roode lutando. Mas você sabia que nessa luta Orton bateu o recorde de lutador com mais combates na história do RAW? E tem mais, pois semana passada ele bateu o recorde de lutas em PPVs da WWE.

Riddle e Ziggler vieram pro ringue após a hot tag, e Riddle estava dando conta dos dois manés. Continuando sua saga de imitar os passos de Orton, Riddler aplicou um DDT nas cordas e os dois foram para o RKO. Deu ruim e o Ziggler quase vence aqui após um Zig Zag.

O público está gostando da luta, e após Ziggler escapar de um rolamento, Orton acertou um belo RKO pra vitória.

Vencedores: RK-Bro via pin

Rollins encontra Owens nos bastidores e ouviu alguns elogios sarcásticos. Isso porque Kevin Owens anunciou que Adam Pearce determinou que se Owens ganhar hoje, ele será adicionado na luta do Day 1. Mas é claro que Seth não acreditou e foi perguntar ele mesmo para Pearce.

A música de Edge toca e o público fica de pé pra receber de volta a lenda no RAW. Surreal que esse cara em pleno 2021 ainda aparece na minha TV e luta. Quem viveu sua aposentadoria em 2011, como eu, entende a dor e o alívio.

Adam Pearce disse que Kevin Owens realmente estava mentindo, e Rollins sai da sala aliviado. Voltamos pro ringue e lá está Edge. Ele fala sobre esse ser o melhor trabalho do mundo.

Edge está de volta e reconhece que Rollins está em um outro nível, mas não veio falar sobre isso. Ele fala sobre possíveis adversários, e aí temos mais um retorno, pois The Miz também está de volta.

E ele voltou com Maryse ao seu lado, o que deixa as coisas ainda melhores

Miz fala sobre como a WWE deu a Edge o retorno dos sonhos, e que Edge sai e volta o tempo todo enquanto Miz estava lá o tempo todo. E quando se lesionou, não teve um retorno triunfante. Mas o que deixa ele mais puto é que Miz não estava nos nomes que ele citou.

Edge pediu desculpa porque achou que ele estava dançando ainda, e aí Maryse veio em defesa dele. O problema é que Miz ficou em 9º lugar, e então Miz culpou a WWE Universe por não votar nele.

Segundo Edge, Miz só apareceu ali porque sabe que tretar com ele significa estar no evento principal. Miz exige respeito, pois foi campeão meses atrás enquanto Edge não vê isso há tempos. Ele ainda diz que enquanto Edge era campeão, Miz foi o evento principal contra John Cena.

E então, Edge disse sobre os feitos de Miz, mas que ele agora é citado em outras empresas só pra ter uma reação barata. Também falou que Miz largou seu parceiro (John Morrison) de lado até que ele foi demitido.

Edge simplesmente fez tudo aqui. Mas Miz não quis aceitar seu desafio.

E vamos de Street Profits na sequência do RAW.

3ª luta: Street Profits vs. Alpha Academy

Confesso não lembrar o motivo, mas AJ Styles chegou de óculos e cego pra comentar essa luta junto de Omos. Pra cada golpe, AJ gritava perguntando o que aconteceu.

Enquanto isso, no ringue, Montez Ford provava mais uma vez que é a melhor coisa atual da WWE. Angelo veio pro ringue e limpou a Alpha Academy. Muito boa química da Street Profits aqui.

Otis tirou Gable do ringue, mas Montez Ford pulou nos dois pra fora do ringue. Aí ele foi pro seu finalizador mas AJ Styles tentou interferir, só que errou o alvo porque estava sem enxergar. Montez Ford finalizou o combate mesmo assim.

Vencedores: Street Profits via pin

Um grande foda-se pra Street Profits aqui, enquanto Omos e AJ Styles parecem ter a primeira discussão da dupla.

Voltamos pro escritório de Vince McMahon onde ele continua a dar conselhos pra Austin Theory. Mais meia hora ali e Austin sairá direto para cometer um crime hediondo.

Foto: WWE

O campeão estadunidense Damian Priest vem ao ringue e parece que teremos mais um combate a seguir.

Antes do combate começar, vimos Rollins zoando Owens por ser mentiroso, mas ele jura que se vencer sua luta será adicionado no combate contra Big E no Day 1.

4ª luta: Damien Priest vs. Apollo Crews

Não deu nem tempo de sentir o cheiro da luta e ela foi pros comerciais de novo. Azeez distraiu Damian e Apollo o acertou em cheio fora do ringue.

Na volta, Crews já logo aplicou um standing moonsault bonito, mas Priest logo recuperou o controle da luta. Os dois ficaram trocando golpes duros um contra o outro.

Até que Damian Priest foi pra um cannonball fora do ringue que quase resultou em lesão, e quando Damian ia ganhar, Commander Azeez atrapalhou o combate e foi expulso pelo juiz.

Foi então a vez de Damian Priest descontar toda a raiva em Apollo Crews, acertando seu Reckoning para selar o destino e se manter campeão no RAW.

Vencedor: Damian Priest via pin

Uma luta decente.

Mais uma vez, Seth Rollins na tela com Adam Pearce e Sonya Deville. E então, Adam Pearce mudou de ideia e disse que se Kevin Owens vencer Big E hoje, ele estará na luta no Day 1. Rollins surtou.

Rey Mysterio e Dominik estão indo ao ringue, eles irão enfrentar Cedric Alexander e Shelton Benjamin, parte da Hurt Business, se é que ainda podemos chamar assim.

5ª luta: Rey Mysterio & Dominik vs. Cedric Alexander & Shelton Benjamin

Começamos aqui com Dominik e Shelton Benjamin, e o novato estava sendo castigado. Cedric e Shelton fizeram um bom trabalho em manter Dominik longe de Rey, mas ele deu um jeito de chegar lá e fazer o tag.

Rey entrou quente na luta e deu trabalho, com inúmeros golpes voadores, até que junto de seu suposto filho eles aplicaram um duplo 619 nos adversários. Dominik homenageou seu verdadeiro pai Eddie com um frogsplash e venceu.

Foto: WWE

Vencedores: Rey Mysterio & Dominik via pin

Eu quero muito que a WWE faça que eles briguem e Dominik traga a verdade de que seu pai é Eddie.

Sem pestanejar, a WWE mostrou um trecho do segment de Liv e Becky e nós já iremos direto para a luta entre Team Liv vs. Team Becks. Não antes de um comercial.

6ª luta: Team Liv vs. Team Becks

O RAW tá com pressa, pois colocou todo o time de Liv Morgan para entrar junto com ela. Seu time tem Bianca Belair, Rhea Ripley, Nikki ASH e Dana Brooke.

Já no Team Becks nós temos Queen Zelina, Carmella, Doudrop e Tamina. Enquanto isso, a luta não começa pois a WWE está exibindo um vídeo resumindo o SmackDown da semana passada. Agora não parece que o RAW está com tanta pressa assim.

A luta começou com Becky Lynch e Liv Morgan, e Liv não deixou barato. O começo dessa luta animou bastante de saber como será esse combate individual na semana que vem.

Carmella veio pra luta mas fugiu de Rhea, deixou o trabalho para Queen Zelina, que também fugiu chamando Becky. E então, Becky chamou Doudrop, que por sua vez chamou Tamina. As cinco cercaram Rhea para derrubá-la.

Tamina teve o controle até que Rhea se recuperou, e então o time de Liv Morgan repetiu a estratégia de colocar todo mundo no combate. Mas o Time Becks recuou e o RAW foi para o comercial.

Interessante essa farofa até aqui.

Voltamos e Doudrop estava dominando Nikki, com o Time Becks mantendo o controle com Becky e depois Carmella. O duelo de máscaras deu lugar a Rhea Ripley, que castigou bastante todo mundo, causando um caos.

No final das contas, Carmella reverteu um Riptide e quase venceu o combate, que foi para mais um comercial.

Voltamos e o caos continuou imperando na luta, com as mulheres se atacando sem parar, até que Dana Brooke e Queen Zelina foram para o corner, que Dana Brooke acabou jogada na direção de seu time.

Foto: WWE

Liv Morgan engoliu um superkick de Tamina e quase perdeu a luta. Tamina perdeu o tempo aqui, mas Liv conseguiu aplicar seu finalizador e venceu.

Vencedoras: Team Liv

Assim que acabou, os dois times voltaram a se atacar, mas Liv Morgan conseguiu sair por cima de Becky Lynch.

Vince continua a dar conselhos a Austin Theory. Ele está incomodado que Austin Theory não para de olhar para outra coisa na sala.

Em seguida teremos o evento principal da noite.

Mas não antes de uma promo gigante de Bobby Lashley, mais uma vinheta do Veer e, claro, Big E trazendo alegria pro seu povo.

Essa é a chance de Kevin Owens de reconquistar seu espaço, pois caso vença ele estará na luta do Day 1. Mas não antes de mais um comercial.

Antes da luta, ainda vemos Vince perguntando o que Austin Theory aprendeu hoje. Ele fala que foi sobre sempre esperar o inesperado, mas na hora de se despedir, Vince acerta um tapa em sua cara e o manda embora da sala.

7ª luta: Kevin Owens vs. Big E

Antes da luta começar, Seth Rollins vem para acompanhar de perto, e ele está arrumadinho. Confesso que fiquei com medo de mais um comercial aqui, mas a luta começou.

Já vimos esse combate recentemente, assim como todos os outros de hoje praticamente. Mas Owens e Big E nunca decepcionam. Enquanto isso, Rollins está reclamando que Owens conseguiu o que queria.

Foto: WWE

Owens trabalhou bastante na perna machucada de Big E, e então quando Owens foi para fora do ringue, Rollins continuou enchendo o saco até que Owens acertou um socão em Rollins.

Big E acertou um splash na apron e isso deve ter doído. Big E foi xingar Rollins também, que retrucou que estava torcendo por ele. Foi a distração que Owens precisava para acertar Big E nas escadas, causando um corte na boca de Big E e nos mandando pro último comercial do RAW de hoje.

Estamos de volta e o combate continua bem interessante, e o superplex de Owens animou de volta o público. Big E continuou a lutar de volta mas Owens está bem confiante na vitória aqui.

Owens impediu o spear de Big E e acertou um belo cannonball. Os dois começam a trocar socos no meio do ringue, Kevin acerta um superkick e quase leva.

Big E tentou o Big Ending, mas acabou engolindo um Pop-Up Powerbomb e quase perdeu a luta. Rollins começa a dar sinais de que vai tentar algo. E foi aí que Kevin Owens se virou contra Rollins e o atacou viciosamente.

Seth Rollins roubando a cena no fundo. Foto: WWE

Isso causou o descontrole de Rollins, e era exatamente o que Kevin Owens queria, pois assim ele venceu o combate por desqualificação.

Vencedor: Kevin Owens via DQ

Seth Rollins completamente descontrolado também ataca Big E, mas o mal já está feito. No Day 1 teremos Big E vs. Seth Rollins vs. Kevin Owens pelo cinturão da WWE!

Esse foi o RAW de hoje, que por sinal foi um ótimo show!

E você sempre pode colocar a AEW no bolso no Monday Night RAW conosco pelo Twitter: @WrestleBR e Twitch: https://twitch.tv/wrestlebr

Airton Reis

Conheci a luta livre em 2008 e isso mudou a minha vida. Surgiu a ideia do WrestleBR em 2014 quando a WWE passou a ser ao vivo por aqui. Desde então, escrevo sobre tudo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.


Mais postagens

Verdade de cu

Posted by - 5 de novembro de 2019 0
Não é rola, é prejuízo O NXT invadiu o Smackdown, as possibilidades são tantas que nosso multiverso até parece pequeno.…