Essa foi a resposta da WWE para a AEW

1336 0

No sábado, o mundo do wrestling virou seus olhos para a estreia da AEW. Uma das expectativas era justamente o que eles mandariam de mensagem para a maior companhia de wrestling do mundo. E pelo visto, a WWE também viu o que aconteceu.

Quando Cody e Brandi Rhodes foram ao ringue com um trono ao fundo, especificamente aquele trono, já era de se esperar que algo estava prestes a acontecer. E eis que Brandi pega uma marreta, arma eternizada por Triple H, e entrega a seu companheiro. Cody destruiu o trono e deixou a mensagem em alto e bom tom: é guerra.

Shots fired! Shots fired!

Toda ação tem uma reação

E a partir daí, o discurso que todo mundo se perguntava nas redes e fóruns era sobre uma possível resposta da WWE. E novamente os olhos se voltaram para o RAW, na expectativa do que a empresa dos McMahon faria, e principalmente, se faria.

Não é muito comum que a WWE mencione outras promoções de wrestling, mas também não é algo impossível de acontecer. Recentemente, Kurt Angle falou para Owens e Zayn que a TNA estava contratando. Mas, seria interesse da WWE endereçar o “ataque” da AEW, uma recém chegada que ninguém sabe ao certo o que vai acontecer?

Se tem algo que Vince McMahon ama, isso é uma boa luta. Ele é um lutador nato. E ainda que as obrigações contratuais impeçam que a WWE faça algo muito grandioso fora da caixa, algo deveria ser feito.

Sutil, mas genial

Ainda que precisasse fazer algo, a WWE sabe que teria que ser com o ar de superioridade que ela possui. E sutilmente, ela numa única frase definiu todo um novo patamar junto à AEW.

“Vocês poderiam me perguntar sobre a AEW!” – Sami Zayn

Para elevar a audiência da terceira hora do RAW, que é a menor do programa, a USA Network solicitou para a WWE que foque mais no terceiro horário. E essa foi a primeira resposta, de algo que será mais livre, mais enérgico, ainda que dentro dos limites atuais da companhia.

Durante a Attitude Era, a WWE nomeava a segunda hora do RAW como War Zone, dando uma certa alusão que aquela era a hora que o bicho pegava. Essa será a versão War Zone de 2019.

Ao mesmo tempo, essa é a forma da WWE reconhecer a All Elite Wrestling e dizer que está dentro, e é bom que a AEW traga as melhores armas para campo. E agora a bola está novamente com a AEW. Esperamos ansiosos pelos próximos capítulos.

E você, o que achou? Deixe nos comentários abaixo.

Airton Reis

Conheci a luta livre em 2008 e isso mudou a minha vida. Surgiu a ideia do WrestleBR em 2014 quando a WWE passou a ser ao vivo por aqui. Desde então, escrevo sobre tudo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.


Mais postagens